NOTÍCIA

Trabalhadores do setor de balas de Erechim devem receber diferença de acordo coletivo de 2015

SindiAlimentação consegue reajuste do dissídio que ainda não havia sido pago.

29 de Julho de 2020

Por meio da assessoria jurídica prestada pelo escritório Alvenir Almeida Advogados Associados a entidade sindical garantiu que os trabalhadores recebam o reajuste de 10% sobre o piso regional de R$ 1.053,15 estabelecido em fevereiro de 2015.

A decisão da Justiça do Trabalho aponta que a maioria dos trabalhadores do setor de balas tem direito a um reajuste. Não tem direito ao reajuste somente aqueles que em fevereiro de 2015 recebiam o determinado no piso regional ou valor maior.

Os trabalhadores da Indústria de balas Peccin estão sendo chamados na sede do SindiAlimentação para receber. Os trabalhadores da Indústria de balas Munarfrey vão receber essa diferença em sua folha de pagamento. Os que não estão mais na empresa receberão no sindicato.

O vice-presidente do sindicato, Diego Lauer considera que essa foi uma grande vitória e elogia a posição da Munarfrey que teve a abertura para fazer um acordo, que facilitará que os trabalhadores tenham acesso a esse reajuste.

Converse com a nossa equipe de advogados para mais informações.

Comunicação Alvenir

FALE CONOSCO

Atendimento humanizado em prol dos direitos do trabalhador.

"Se eu pudesse lhe dar alguma coisa na vida, eu lhe daria a capacidade de ver a si mesmo através dos meus olhos. Só então você perceberia como é especial para mim." Frida Kahlo.

ALVENIR ALMEIDA ADVOGADOS ASSOCIADOS Todos os direitos reservados. Proibida a cópia total ou parcial do conteúdo deste site.

Criação de Sites Passo Fundo criativittá